Arquivo da categoria: Diversos

Inscrições para o VI Seminário O Papel da Biblioteca e da Leitura

Prezados colegas das bibliotecas escolares!

Divulgamos a programação e o link para inscrições do evento que apoiamos, o VI Seminário Internacional O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da SociedadeBibliotecas Escolares, Comunitárias e Públicas, que acontece nos dias 9 e 10/11/2017, durante a Feira do Livro de Porto Alegre. As atividades acontecerão noCentro Cultural CEEE Erico Verissimo, localizado na Rua dos Andradas, 1223.

O link para inscrições:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSestNNvZLiJwyzW7JBxqOSCH4l0NRKtfER-IdUJ353wQkOepA/viewform

As inscrições são gatruitas e os participantes receberão certificado.
O site do Seminário com a programação: http://arb.org.br/seminariobibliotecas/
Contamos com a sua presença, abraços! 
Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Diversos

Plataforma ajuda a trabalhar literatura em sala

Matéria publicada no site da revista Carta Educação em 05/12/2016

 

Os planos de aula trazem uma abordagem interdisciplinar e podem ser usados por professores de diferentes áreas

 

Aliar o prazer da leitura à formação de leitores e ao aprendizado interdisciplinar. É com esse propósito que nasce o novo especial multimídia da Plataforma do Letramento, o Literatura na Escola.

 

Relacionando conteúdos de Literatura e Língua Portuguesa a diversos outros campos do conhecimento, a ferramenta traz planos de aula baseados em 30 livros como O bicho alfabeto, de Paulo Leminski, e Sagarana, de Guimarães Rosa.

 

Desta maneira, coloca em diálogo a tradição literária brasileira com outras linguagens e formas de expressão como teatro, cinema, ilustração, sarau, cordel e animação e envolve professores de diferentes disciplinas, proporcionando a adaptação dos conteúdos à realidade dos estudantes.

 

Um dos temas de aula, por exemplo, é o “Região amazônica: Literatura, História, Geografia e Biologia”, pautado na obra Dois irmãos (2000), de Milton Hatoum, e que estimula a produção de fanfictions. Além dos temas de aula, a plataforma reúne testes, jogos, uma midiateca e projetos de leitura desenvolvidos por educadores de várias regiões do país.

 

As atividades se baseiam no Mapa da literatura brasileira, outro especial elaborado pelo site que mostra autores e obras representativos da nossa cultura a partir de sua distribuição geográfica.

 

Reprodução Pixabay via Carta Educação

= = = =

Plataforma mapeia obras literárias pelo Brasil

 

Interativa, página permite filtrar livros, escritores e movimentos por região, temas e outros critérios

 

Matéria publicada no site da revista Carta Educação em 22/02/2016

 

Um olhar sobre o Brasil por meio de sua Literatura. É isso que propõe o colaborativo Mapa da Literatura Brasileira, que reúne contos, poemas, crônicas, romances de autores atuais e do passado, originários de diversas regiões do país.

 

O mapa permite filtrar obras por público-alvo (adulto ou infanto-juvenil), nível de escolaridade (Educação Infantil, Fundamental I, Fundamental II, Ensino Médio, EJA), linguagem (prosa, poesia e teatro), regiões, além do critério por temática como literatura indígena, periférica, homoafetiva, entre outras.

 

Para isso, a plataforma traz um mapa interativo do Brasil que mostra por meio de marcadores a distribuição dessas categorias. Ao clicar sobre o marcador, uma resenha sobre o escritor e as características da obra escolhida aparecem para o internauta. Há também informações adicionais disponíveis na rede como vídeos e entrevistas.

 

O visitante pode também contribuir para o mapeamento com indicações de livros e autores. Para isso, basta preencher um cadastro com dados pessoais e informações sobre a obra e o autor que gostaria de sugerir.

 

Outra funcionalidade é a navegação por meio de uma linha do tempo que se inicia em 1500 e vai até os dias de hoje. A espécie de “bússola histórica” correlaciona os principais fatos históricos do Brasil aos marcos da Literatura nacional.

 

Em 1698, por exemplo, temos o início do ciclo do ouro em Minas Gerais e, algumas décadas depois, vemos o florescimento na região de Vila Rica (atual Ouro Preto, à época a mais rica e populosa da colônia) do “Grupo Mineiro” ou “Plêiade Mineira”, formado pela elite intelectual mineira e peça-chave para a autonomia literária e política que ali nasceria.

 

Além disso, a plataforma traz um quiz por meio do qual o internauta pode testar seus conhecimentos sobre literatura brasileira e uma seção com sugestões e atividades para auxiliar o professor a trabalhar o tema na escola.

 

Reprodução

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos, Gosto pela leitura

Inscrições de trabalhos – VI Seminário Internacional O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade

Post publicado no site da Associação Rio-grandense de Bibliotecários (ARB) em 03/10/2017

 

Divulgamos o Regulamento e o formulário para inscrições de trabalhos  no Salão de Ideias (exposição de pôsteres) e nas Salas de Compartilhamento (comunicação oral) do VI Seminário Internacional O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade – Bibliotecas Escolares, Comunitárias e Públicas.

O Seminário Internacional acontecerá durante a 63ª Feira do Livro de Porto Alegre, em novembro de 2017.

 

Cronograma:

Inscrições de trabalhos: 29/09/2017 a 13/10/2017
Divulgação do resultado: 20/10/2017
Divulgação da programação do evento: 20/10/2017
Inscrição de ouvintes: 20/10/2017
Seminário Internacional O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade – Bibliotecas Escolares, Comunitárias e Públicas: 09 e 10/11/2017

 

Link para inscrição dos trabalhos: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdizmWf7CY6IZG3DAQQzmVi0O0Yx2qw6j8B4AdrYA15MR2hEQ/viewform

 

A Biblioteca da Smed é apoiadora do evento.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

20 Relatos Insólitos de Porto Alegre

O Centro Municipal de Cultura, em comemoração a Semana de 245 anos de Porto Alegre, convida para o lançamento do livro “20 Relatos Insólitos de Porto Alegre”, de Rafael Guimaraens.

O lançamento está marcado para o dia 21 de março (terça-feira), às 19 horas, durante a 245ª Semana de Porto Alegre, no Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues (Av. Erico Verissimo 307), com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, através da Coordenação do Livro e Literatura.

convite_20_relatossmed

 

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Oficina Brincando e textualizando

Divulgação da parceira Biblioteca Josué Guimarães.

Com Adriana Scherner, pedagoga e contadora de histórias >>> dia 18 de março, sábado

bt-oficina-bpmjg

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Novas aquisições e boas festas!

Temos novas aquisições. As obras estão listadas no boletim anexado:

boletim-v-4-n-4-2016

Aproveitamos para agradecer a companhia e parceria dos nossos usuários e colegas da Secretaria de Educação, das escolas municipais e conveniadas, da Prefeitura e das instituições do livro e leitura de PoA e região.

Feliz Natal e próspero 2017!

 

day-1891529_960_720

Imagem Pixabay

Deixe um comentário

Arquivado em Aquisições, Diversos

Doação do escritor Rafael Guimaraens

Recebemos com muita alegria a doação de 26 exemplares do recém-lançado O sargento, o marechal e o faquir. O escritor Rafael Guimaraens – que faz parte do Adote um Escritor desde 2009 – veio fazer a entrega acompanhado da Clô Barcellos, da editora Libretos.

Esses exemplares serão encaminhados às bibliotecas escolares municipais que atendem o nível de Educação de Jovens e Adultos (EJA). A Biblioteca da SMED ficará com um item autografado pelo Rafael.

Muito obrigada!

Link para a resenha da obra, que foi produzida com incentivos do governo federal: http://www.libretos.com.br/index.php/audiolivros?page=shop.product_details&flypage=flypage.tpl&product_id=173&category_id=49&vmcchk=1

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Visitas de escritoras

Taís Batista, Jô da Sucata e Lilian da Rocha nos visitaram ao longo do ano. Agradecemos pelas doações de seus livros e desejamos mais sucesso!

As obras já estão disponíveis para empréstimo.

= =

O bebê de cabelo PUNK e os raios de Sol, de Taís Batista (esquerda na foto abaixo, acompanhada de Adriana, coordenadora da Biblioteca) – https://www.facebook.com/obebedecabelopunk/

Segundo Taís, “o livro é adequado para a Educação Infantil e também com as primeiras séries do Ensino Fundamental. No entanto, sua narrativa também encanta adolescentes e adultos por retomar a formação étnica brasileira e as transformações da primeira infância”.

 

tais-batista-3

Fotos Biblioteca SMED/PMPA

= =

Zabelê Beremi Bambata : a menina de sucata, de Jocelaine Machado, a Jô da Sucata! Ela está no centro da foto acompanhada de Maria da Graça G. Paiva (esquerda), nossa secretária adjunta, e assessoras da Educação Infantil e da Biblioteca

 

jo-da-sucata-20160713-3

 

= =

Sopapo poético : pretessência, uma das organizadoras é Lilian Rose Marques da Rocha (sentada à esquerda na foto abaixo, com Giane e Adriana)

20160811-sopapo-2

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Feira do Livro: Seminário discute o papel da biblioteca

Matéria publicada em 10/11/2016 no site da PMPA

 

Texto de: Josiele Rangel de Campos (estagiária) / Supervisão: Maristela Bairros

 

V Seminário Internacional: o Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade, parte da programação da 62ª Feira do Livro, ocorre nesta quinta-feira, 10, a partir das 8h30, e sexta-feira, 11, a partir das 9h30, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (Praça Mal. Deodoro, 101). O analfabetismo funcional, suas implicações e maneiras de combatê-lo é o tema principal nos debates deste seminário.

 

De acordo com a bibliotecária da Secretaria de Educação de Porto Alegre, Giane Zacher, os debates têm como foco a análise dos dados apresentados na pesquisaRetratos da Leitura 2016 e de que forma as bibliotecas escolares, comunitárias e públicas poderão contribuir com a sociedade na busca de soluções para este problema”.  O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Conselho Municipal do Livro e Leitura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Associação Rio-Grandense de Biblioteconomia, Instituto Goethe de Porto Alegre e Câmara Rio-Grandense do Livro.
Programação:
Quinta-feira, 10
08h30 – 18h
Salão de Ideias
Local: Saguão da Assembleia Legislativa
09h30 – 10h30
Leitura: história e sociedade. A leitura e suas relações históricas e sociais. A literatura e o leitor
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
11h00 – 12h30
Analfabetismo funcional e gestão inovadora em bibliotecas. Alfabetismo funcional no Brasil: os resultados do Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf)
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
14h – 15h30
Reconhecendo as dificuldades na leitura.
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
15h30 – 16h30
O escritor, a biblioteca e a leitura.
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
18h – 20h
Incentivo à leitura em formatos digitais
Local: Sala Leste do Santander Cultural
Sexta-feira, 11
09h30 – 10h30
Apresentação do clube dos Piratas dos Livros, da cidade de Lübeck na Alemanha, com ênfase nos projetosPágina Azul (Blaue Seite), Bilingual-Picturebooks e Escrita Digital através da plataforma wattpad.
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
11h – 12h30
O desafio de formar leitores. Bibliotecas e projetos de leitura para públicos-nichos
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
15h – 17h30
Salas de compartilhamento
Local: Assembleia Legislativa
18h – 19h
Manifesto pelo livro e pela leitura: Carta de Porto Alegre.
Local: Praça da Matriz
= = = = =
= = = =

Seminário internacional debate papel da biblioteca e da leitura

Matéria publicada em 10/11/2017 no site da PMPA

 

Texto de: Mailsom Portalete (estagiário)/ Supervisão: Andrea Pinto

 

Nesta quinta-feira, 10, houve a primeira etapa do 5º Seminário Internacional O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade – Bibliotecas Comunitárias, Escolares e Públicas. O evento aconteceu no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. O seminário, que sempre ocorre simultâneo à Feira do Livro de Porto Alegre, tem como tema central, nesta edição, o analfabetismo funcional, suas implicações e maneiras de combatê-lo. A realização é da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Conselho Municipal do Livro e da Leitura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Associação Rio-Grandense de Biblioteconomia, Instituto Goethe de Porto Alegre e Câmara Rio-Grandense do Livro. A iniciativa conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Smed), por meio de sua biblioteca.

 

Na primeira palestra do seminário, denominada Leitura: História e Sociedade, a escritora e professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Regina Zilberman, abordou a leitura, suas relações históricas e sociais. Para ela, a sociedade deve seguir a lição da literatura e beneficiar-se de seus efeitos emancipadores. “Estamos constantemente atribuindo sentido às coisas. Essa atribuição de sentido e a sua tradução para uma linguagem verbal é a leitura. Todas as outras coisas são consequência disso”, defendeu.

Regina defende que é preciso aumentar o número de oportunidades e de acesso à leitura, pois assim as pessoas terão mais chances de posicionarem-se perante o mundo. “A oportunização da leitura não é para quem já está na universidade ou na escola. É justamente para segmentos excluídos do mundo econômico, crianças de rua, por exemplo. Essa infância, totalmente desprivilegiada, precisa se reconhecer como leitor, como sujeito”, completou. A palestra da educadora baseou-se nas obrasVidas Secas, de Graciliano Ramos, e Tarzan: O filho das selvas, de Edgar Rice Burroughs.

 

Roberto Castelli Jr, coordenador da Unidade de Educação Escolar de Jovens e Adultos da Ação Educativa, em São Paulo, palestrou sobre o Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf) – uma pesquisa realizada nos domicílios que possibilita estimar os níveis de alfabetismo da população e compreender seu determinante. Conforme Roberto, é uma amostragem distinta da pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na qual a pessoa se autoclassifica como alfabetizado ou não. “No Inaf ocorre um teste cognitivo. O profissional entrevista a pessoa e atesta seu nível de alfabetismo. Isso permite resultados mais próximos do real”, afirma.

 

Castelli comentou sobre o conceito de alfabetismo, questionando a utilização de termos como analfabeto absoluto. “É mais interessante pensar em níveis de alfabetismo, em vez de definir se a pessoa é ou não alfabetizada. Num contexto de século 21, pensando que as práticas sociais hoje são muito letradas – pegar um ônibus, ir ao banco, praticar relações comerciais, etc –, quem podemos considerar como um analfabeto absoluto?”, questionou. De acordo com ele, existem pessoas que se dizem não-alfabetizadas, mas que não necessariamente o são no sentido absoluto. “Devemos buscar outros critérios de análise”, completou.

 

Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf) – Com 15 anos de existência, o Inaf é aplicado em todas as regiões do Brasil, a cada dois anos, desde 2001. A metodologia da pesquisa consiste na realização de uma entrevista, de cerca de uma hora e meia, e um teste cognitivo. Os resultados atestam os domínios do alfabetismo, dividido em letramento (habilidade de ler e escrever, com coerência e compreensão) e numeramento (conseguir construir e aplicar conceitos numéricos simples). O indicador trata-se de uma amostra representativa da população brasileira entre 15 e 64 anos, das regiões urbana e rural de todo o país.

 

Durante os dois dias da programação, serão apresentados trabalhos e pôsteres de seis escolas municipais no Salão de Ideias e nas Salas de Compartilhamento. São elas a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Lauro Rodrigues, Emef Professora Ana íris do Amaral, Emef Senador Alberto Pasqualini, Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Miguel Velásquez, Emei Erico Veríssimo e Emei Ilha da Pintada.

 

Nesta sexta-feira, 11, o seminário terá prosseguimento no auditório Barbosa Less, localizado no Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo, situado na Rua dos Andradas, 1223.

 

Foto: Aline Bisso/Divulgação PMPA. Trabalhos e pôsteres de escolas municipais estão expostos na assembleia

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Dias 10 e 11 de novembro: V Seminário Internacional de Bibliotecas

Atividades programadas para esta 5ª edição do Seminário Internacional: o papel da biblioteca e da leitura no desenvolvimento da sociedade

Tema central: Analfabetismo funcional e gestão inovadora em bibliotecas

Link para inscrições: https://www.doity.com.br/vseminariointernacional

10 de novembro

quinta-feira

9h30min

Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa – R. Duque de Caxias, 1028

Leitura: história e sociedade. A leitura e suas relações históricas e sociais. A literatura e o leitor

Com Regina Zilberman

11 horas

Teatro Dante Barone

Alfabetismo funcional no Brasil: os resultados do Indicador de Alfabetismo Funcional (INAF). Análise dos resultados do INAF, levando em conta 15 anos de pesquisas sobre o nível de alfabetismo funcional no país

Com Roberto Catelli Jr.

14 horas

Teatro Dante Barone

Reconhecendo as dificuldades na leitura

Com Adriana Costa

15h30min

Teatro Dante Barone

O escritor, a biblioteca e a leitura com Cíntia Moscovich – Patrona da 62ª Feira do Livro de Porto Alegre

16h30min

Teatro Dante Barone

Políticas públicas nos Legislativos

Fernanda Melchiona representando a Frente parlamentar de incentivo a leitura de Porto Alegre

José Stédile representando a Frente Parlamentar mista em Defesa do Livro, da Leitura e da Biblioteca

@

11 de novembro 

Sexta-feira

9h30min

Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa – Palácio Farroupilha,  R. Duque de Caxias, 1028

Apresentação do clube dos Piratas dos Livros, da cidade de Lübeck na Alemanha, com ênfase nos projetos “Página Azul” (Blaue Seite), Bilingual-Picturebooks e Escrita Digital através da plataforma wattpad.

Com Freya Schwachenwald, apresentada por Mônica Schreiner

11 horas

Teatro Dante Barone

O desafio de formar leitores. Bibliotecas e projetos de leitura para públicos-nichos

Com Marília Fichtner, Miriam Oliveira e Cristian Santos

15 horas

Espaço da Convergência – Térreo da Assembleia Legislativa – Palácio Farroupilha, R. Duque de Caxias, 1028

Salas de compartilhamento: 

  • Práticas de mediação de leitura em bibliotecas

Sala Salzano Vieira da Cunha (3º andar AL)

  • Pesquisa em leitura e bibliotecas
    Plenarinho
  • Práticas de mediação de leitura em espaços não formais

Sala José Lutzemberger (4º andar AL)

  • Contação de histórias

(96 lugares)

18 horas

Praça Marechal Deodoro (Praça da Matriz)

Manifesto pelo livro e pela leitura: Carta de Porto Alegre. Concentração e cortejo (da Praça da Matriz à Praça da Alfândega), com distribuição de livros

 

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos