Arquivo da tag: Ari Riboldi

O bode do prof. Ari!

O Adote um Escritor 2016 na Emef Monte Cristo rendeu um presente divertido para a Biblioteca da SMED.

As professoras da biblioteca escolar e de artes fizeram uma brincadeira com o livro O Bode Expiatório, de Ari Riboldi. Ele foi o adotado da EJA neste ano.

Muito obrigada!

O bode estará disponível aos interessados por mais uma semana!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Adote um escritor, Escolas municipais e professores municipários

Escola Vila Monte Cristo realiza encontro do Adote um Escritor

Matéria publicada em 18/11/2016 no portal da PMPA

 

Edição de: Manuel Petrik

 

Alunos e professores da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Vila Monte Cristo (rua Carlos Superti, 84, Vila Nova) participaram nessa quinta-feira, 17, do encontro do programa de leitura Adote um Escritor, uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e a Câmara Rio-Grandense do Livro. O autor adotado de 2016 pela EJA da escola foi Ari Riboldi, professor da rede municipal de ensino há 29 anos e referência em origem de palavras, expressões e ditados populares, com seis livros publicados, dentre os quais destaca-se a série O Bode Expiatório 1, 2 e 3.

 

O autor foi recepcionado pela diretora, professora Ivone Bolico da Silva, e pelas professoras Ana Paula Villeroy e Virgínia Funchal, responsáveis pela Biblioteca Erico Veríssimo e pela coordenação do Adote na Monte Cristo. O encontro com alunos e professores foi realizado no auditório das 19h30 as 21h30min. Riboldi abordou as expressões idiomáticas, particularmente as que têm nomes de animais, referindo o sentido literal e figurado das mesmas. Também conversou com os estudantes sobre as gírias mais comuns do meio em que eles vivem e usadas no seu cotidiano. Para tanto, o escritor havia recebido, antecipadamente, uma relação de expressões e gírias catalogadas pelos próprios alunos durante o período preparatório ao encontro.

 

Foto: Aline Bisso/ Divulgação PMPA. Escola Monte Cristo trabalha a obra do escritor Ari Riboldi

 

Além de atividades em sala de aula, a professora Anna Paula fez a leitura e a análise das obras com os alunos, no projeto Pare e Leia, que leva cada turma, por meia hora diariamente, à biblioteca para ler e conversar sobre os textos. Uma das alunas mais atentas à palestra foi Vera Lúcia Medeiros, 49 anos, cuidadora de idosos, que frequenta a Totalidade 5. “Adorei a conversa do escritor. Ele me fez lembrar da minha infância, no interior do Estado, quando trabalhava na lavoura de arroz e a gente usava muitas das expressões explicadas pelo escritor”. Para a professora Anna Paula, houve um engajamento dos alunos porque eles se sentiram motivados pela valorização das gírias usadas no seu meio cotidianamente. “A fala do professor Ari veio ao encontro do trabalho feito com os jovens, além de ser um estímulo à leitura como forma de ampliar o vocabulário e de se expressar bem em qualquer circunstância. Ele desperta a curiosidade e o interesse de todos pelas palavras”, afirmou.

 

No hall de entrada da escola, foi colocado um grande painel com o nome do escritor, sua caricatura, feita pela docente Aline Ribeiro, de Artes, cercada de termos e expressões retiradas dos livros. No auditório, havia um cartaz vazado para fotos com a figura de um bode, em alusão aos livros de Riboldi. Após o encontro, muitos estudantes aproveitaram para  fazer foto no cartaz, posando como bodes expiatórios e também com o próprio escritor Ari Riboldi.

 

Foto: Aline Bisso/ Divulgação PMPA. Cartaz com figura de bode faz alusão aos livros do autor

Deixe um comentário

Arquivado em Adote um escritor, Escolas municipais e professores municipários

Escola Victor Issler recebe escritor Ari Riboldi

Publicado no portal da Prefeitura em 25/10/2016

Edição de: Jandira Davila Feijó

 

Alunos e professores da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Deputado Victor Issler – bairro Mario Quintana – receberam na noite dessa segunda-feira, 24, a visita do escritor Ari Riboldi, no programa de leitura Adote um Escritor. O encontro ocorreu nas dependências do refeitório, por ser o espaço interno mais amplo para abrigar os estudantes. O ambiente foi preparado para o evento com cartazes alusivos à vida e às obras do autor. Também foi elaborado um painel da linha do tempo, com relatos e fotos de todos os autores, em ordem cronológica, que já estiveram na escola pelo programa.

Professor Ari (esquerda). Iniciativa integra programa Adote um Escritor. Foto: Divulgação/PMPA, 24/10/2016

A abertura dos trabalhos foi feita pelo diretor da escola, Altemir de Oliveira. Por duas horas, Ari Riboldi desvendou a origem de palavras, expressões e ditados populares, numa conversa informal e descontraída. Professor da rede municipal há 29 anos, Riboldi é autor de 6 livros  e uma referência em origem de palavras, gírias, expressões idiomáticas e ditos populares.
Para a professora Cláudia Duarte dos Santos, responsável pelo projeto e pela biblioteca no turno da noite, a participação e o engajamento dos alunos na leitura dos livros e na elaboração dos trabalhos foi muito importante. “A leitura e o encontro com o autor estimularam a aproximação com a comunidade”, afirmou Cláudia. O aluno Josoel dos Santos, da Totalidade 6, era um dos mais empolgados com a palestra. “Não imaginei que houvesse tanta cultura e tantas interpretações por trás de ditados e de expressões que usamos diariamente”, ressaltou.
Em nome dos alunos e da escola, Josoel entregou ao escritor Ari Riboldi dois textos: uma relação de provérbios mais significativos para o grupo e uma redação – Provérbios para meu filho Alisson -, em que explora o significado dos ditados numa conversa entre pai e filho. O evento foi encerrado com ato festivo pelo transcurso dos 15 anos do programa de leitura Adote um Escritor, uma parceira entre a Prefeitura de Porto Alegre e a Câmara Rio-Grandense do Livro.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Adote um escritor, Escolas municipais e professores municipários