Arquivo da tag: Biblioteca SMED

Livro Andarilho promove literatura em praças do Centro Histórico

Matéria publicada no portal da Prefeitura em 14/05/2018

 

Texto de: Fernando Campos (estagiário) / Supervisão: Luzia Lindenbaum

Funcionários da Biblioteca da Secretaria Municipal da Educação (Smed) espalharam livros por praças do Centro Histórico de Porto Alegre com o objetivo de promover o acesso à literatura nesta segunda-feira, 14, pelo projeto Livro Andarilho. Os locais visitados foram as praças da Alfândega, do Tambor e Júlio Mesquita. Os exemplares, em sua maioria doações, foram colocados em bancos e árvores para que a população os pegasse gratuitamente.

 

Projeto Livro Andarilho, realizado pela biblioteca da Smed. Bibliotecário Rodolfo Rocho distribui exemplares na Praça da Alfândega. Foto: Manoelle Duarte / Divulgação PMPA

 

Aos poucos, as pessoas aproximavam-se das obras, sentavam em um banco e começavam a ler. Um desses foi Esio da Rosa, 64 anos. Segundo ele, o projeto Livro Andarilho apareceu em boa hora ali na praça, uma vez que o lembrou deste hábito. “Uma palavra define a importância do livro: cultura. Todo leitor torna-se mais culto. Por isso, todos deveriam ler mais”, afirmou Esio.
O bibliotecário da Biblioteca da Smed Rodolfo de Matos explica que, além de benefícios práticos, como a melhora no vocabulário, ler estimula a criatividade. De acordo com Matos, o livro incentiva a imaginação de detalhes da obra, como os cenários e personagens, ao passo que a televisão, por exemplo, entrega uma imagem pronta para quem assiste, freando o pensamento.
“Se a literatura aumenta a educação da população, seu acesso deve ser democratizado”, diz Marta Rosa, professora que atua na Biblioteca da Smed. “Ler e ter acesso ao livro é um direito do cidadão, acima de tudo”, comenta. Por fim, a professora conta que ler é a principal maneira de se desenvolver intelectualmente e adquirir espaço na sociedade.
Além de espalhar livros pelo Centro, a ação Livro Andarilho colocou uma prateleira com exemplares na entrada da Smed (rua dos Andradas, 680 – Centro Histórico) para que os visitantes peguem ao passar por ali.
Funcionários da casa também podem fazer o mesmo, uma vez que a única regra do projeto é que o leitor repasse a obra depois de terminá-la, mantendo o livro em circulação e mantendo-o útil.
BookCrossing – Baseado no movimento norte-americano BookCrossing, consiste na prática de deixar um livro num local público para ser encontrado e lido por outro leitor, que, por sua vez, deverá fazer o mesmo. As obras vêm acompanhadas de um adesivo, um marcador de páginas e um guia de instruções, explicando o projeto e como participar. A biblioteca da Smed dispõe de acervo de mais de 4 mil livros, a maior parte na área da educação. Além de livros, também são oferecidas para consulta teses e dissertações de mestrado. Filmes brasileiros e CDs musicais também podem ser retirados por empréstimo.

Projeto Livro Andarilho, realizado pela biblioteca da Smed. Professor Ari Riboldi aborda um potencial leitor na Rua dos Andradas. Foto: Manoelle Duarte / Divulgação PMPA

Projeto Livro Andarilho, realizado pela biblioteca da Smed. Detalhe do adesivo e marcador com instruções de participação inspirada no Bookcrossing Foto: Manoelle Duarte / Divulgação PMPA

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Gosto pela leitura

Biblioteca da Smed realiza o Sarau Café com Letras

Matéria publicada no portal da PMPA em 15/12/2017

 

Texto de: Vitória Garcia (estagiária)/Supervisão: Luzia Lindenbaum

 

 

Nesta sexta-feira, 15, a Biblioteca da Secretaria Municipal de Educação (Smed) sediou o Sarau Café com Letras, organizado em parceria com a Comissão Permanente de Catalogação da Rede de Bibliotecas da prefeitura. O sarau ocorreu na biblioteca da sede da secretaria.

 

Na última edição do ano, o sarau homenageou os bibliotecários que fizeram parte da história da prefeitura, utilizando livros, textos e filmes que retratam a rotina desses profissionais. Além disso, o evento apresentou uma lista de personalidades que já atuaram como bibliotecários. Atualmente são 12 instituições municipais com bibliotecas públicas.

 

Os encontros do Sarau são anuais e acontecem desde 2012 com o objetivo promover a integração e o estímulo a leitura, além de divulgar os serviços prestados pelas bibliotecas e promover a reflexão de obras de seu acervo. Em anos anteriores, autores participaram do evento, como Fabrício Carpinejar, Cíntia Moscovich e Airton Ortiz.

 

Entre os locais que são abertos para pesquisa e também para empréstimos externos, estão a Biblioteca Ecológica Infantil Maria Dinorah, rua Comendador Caminha, bairro Rio Branco, vinculada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Smam) e que possui acervo constituído por livros de literatura infantil e didáticos; a Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães, avenida Erico Verissimo, 307, vinculada à Secretaria Municipal da Cultura (SMC), que possui acervo de 40 mil itens, entre livros, revistas e recursos multimídia; e a Biblioteca da Cinemateca Capitólio, rua Demétrio Ribeiro, 1085, também vinculada à SMC, que possui em seu acervo materiais sobre o cinema nacional e internacional.

A consulta ao acervo das bibliotecas pode ser realizada no Sistema de Bibliotecas do Município, no catálogo online.

 

Foto: Manoelle Duarte/Divulgação PMPA. Sarau homenageou os bibliotecários que fizeram parte da história da prefeitura.

Deixe um comentário

Arquivado em Café com Letras

Smed incrementa biblioteca com livros doados por editora

Matéria publicada em 31/08/2017 no site da PMPA

 

Texto de: Mailsom Portalete (estagiário) com supervisão de Cristina Lac

 

A biblioteca da Secretaria Municipal de Educação (Smed) recebeu, nesta quinta-feira, 31, a doação de 31 livros de literatura infantojuvenil. Os exemplares foram doados pela editora FTD, antiga parceira e apoiadora da secretaria. São publicações de autores importantes como, por exemplo, Marina Colasant, Roseana Murray e Telma Guimarães – uma das escritoras participantes do programa de incetivo à leitura Adote um Escritor, uma parceria da Smed com a Câmara Rio-Grandense do Livro, neste ano. Entre os materiais estão, ainda, uma coletânea de livros sobre o folclore brasileiro e clássicos da literatura nacional reeditados para o público adolescente.

A coordenadora da biblioteca da Smed, Adriana dos Santos Gomes, conta que o setor foi criado no início da década de 1970 com o intuito de dar suporte pedagógico aos professores e assessores responsáveis pelas escolas. “Com o passar dos anos o leque foi abrindo. Atualmente, qualquer funcionário da Prefeitura ou até mesmo os dirigentes das instituições comunitárias podem ser nossos associados”, explica a bibliotecária.

Adriana salienta a qualificação ocorrida no serviço prestado pela biblioteca com a implantação do sistema Pergamum que permite o empréstimo entre bibliotecas. “Por exemplo, um livro que não existe na biblioteca pública Josué Guimarães (Centro Municipal de Cultura) pode estar disponível na Smed. Da mesma forma, se nossos servidores tiverem interesse por materiais presentes na biblioteca da Secretaria do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) ou do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), também é possível realizar o empréstimo”, detalha.

A biblioteca da Smed conta com 427 usuários ativos e possui um método de alerta para os leitores cadastrados. No momento da inscrição, o usuário informa os assuntos pelos quais tem interesse. Quando entrar no sistema algum livro sobre aquele assunto, a pessoa recebe um aviso. “Essa é uma forma de aproximar mais a biblioteca dos leitores, fazer com que os livros sejam usados”, finaliza Adriana. O acervo da Rede de Bibliotecas da Prefeitura de Porto Alegre pode ser consultado no endereço pergamum.procempa.com.br.

 

Foto: Adriano Amaral/Divulgação PMPA. Autores importantes integram os 31 livros doados pela editora FTD

Deixe um comentário

Arquivado em Aquisições

Boletim de aquisições

Bom dia, colegas!

Compartilhamos o primeiro boletim de aquisições deste ano. É o v. 5, n. 1, de janeiro a março de 2017. Todos os itens estão disponíveis para empréstimo imediato.

Clique aqui para acessar: boletim v.5 n.1 2017

Abraços!

Deixe um comentário

Arquivado em Aquisições

Visitas de escritoras

Taís Batista, Jô da Sucata e Lilian da Rocha nos visitaram ao longo do ano. Agradecemos pelas doações de seus livros e desejamos mais sucesso!

As obras já estão disponíveis para empréstimo.

= =

O bebê de cabelo PUNK e os raios de Sol, de Taís Batista (esquerda na foto abaixo, acompanhada de Adriana, coordenadora da Biblioteca) – https://www.facebook.com/obebedecabelopunk/

Segundo Taís, “o livro é adequado para a Educação Infantil e também com as primeiras séries do Ensino Fundamental. No entanto, sua narrativa também encanta adolescentes e adultos por retomar a formação étnica brasileira e as transformações da primeira infância”.

 

tais-batista-3

Fotos Biblioteca SMED/PMPA

= =

Zabelê Beremi Bambata : a menina de sucata, de Jocelaine Machado, a Jô da Sucata! Ela está no centro da foto acompanhada de Maria da Graça G. Paiva (esquerda), nossa secretária adjunta, e assessoras da Educação Infantil e da Biblioteca

 

jo-da-sucata-20160713-3

 

= =

Sopapo poético : pretessência, uma das organizadoras é Lilian Rose Marques da Rocha (sentada à esquerda na foto abaixo, com Giane e Adriana)

20160811-sopapo-2

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Simões Lopes Neto é homenageado em sarau na Smed

Publicada no portal da Prefeitura em 20/10/2016

Texto de: Luiz Eduardo Campesato (estagiário) / supervisão: Cíntia Votto

Para homenagear o centenário da morte do escritor João Simões Lopes Neto, a Biblioteca da Secretaria Municipal de Educação (Smed) promoveu, na tarde desta quinta-feira, 20, o Sarau Café com Letras dedicado ao autor. Funcionários da Smed e de diferentes secretarias estiveram no espaço da biblioteca – localizado na rua dos Andradas, 680, 4º andar – para conhecer e relembrar as suas obras mais consagradas.

Smed realiza Sarau sobre Simões Lopes Neto. Foto: Luiz Eduardo Campesato/Divulgação PMPA, 20/10/2016

Para abrir as atividades do encontro, foi apresentado um breve resumo da vida e da obra de Simões Lopes Neto a partir de pesquisa elaborada pelo professor e escritor Ari Riboldi. A leitura e identificação de palavras e termos genuinamente gaúchos que foram previamente selecionadas das obras do autor deram sequência à programação da tarde, seguidas pela dinâmica de leitura de trechos de seus livros e por uma confraternização junto à equipe anfitriã.

 

Nascido em Pelotas, João Simões Lopes Neto fez um registro realista do universo gauchesco, aliando a norma culta ao uso de léxico e sintaxe próprios da linguagem da campanha. Entre suas principais obras, destacam-se Contos Gauchescos, de 1912, e Lendas do Sul, de 1913. O autor, falecido em 14 de junho de 1916, é considerado o maior autor regionalista da literatura rio-grandense.

Foto: Luiz Eduardo Campesato/Divulgação PMPA, 20/10/2016

Deixe um comentário

Arquivado em Café com Letras, Gosto pela leitura

Sarau com Letras sobre Simões Lopes Neto

Sarau Café com Letras

 

Vagas limitadas! Por favor, confirmar presença pelo telefone 3289-1853 ou biblioteca@smed.prefpoa.com.br

 

 

convite-sarau-cafe-com-letras-lopes-neto-page-0

 

Deixe um comentário

Arquivado em Café com Letras

Parada da Leitura na RME

Colegas das escolas da RME
Reforçamos o convite para adesão ao projeto Parada da Leitura na RME.
Reserve tempo e espaço para ler com a comunidade escolar, na semana dos dias 24 a 28 de outubro.
Estamos entusiamados e à disposição para esclarecimentos!
Atenciosamente, equipe da Biblioteca Smed
convite-oficial-semana-de-leitura-rme-2016-page-0

Deixe um comentário

Arquivado em Escolas municipais e professores municipários, Gosto pela leitura

Aquisições de julho a setembro

Estas foram nossas aquisições no período de julho a setembro de 2016. Detalhes no arquivo anexo

Boletim v. 4, n.3, jul./set. 2016 > boletim-v-4-n-3-2016

 

Já estão disponíveis para empréstimo!

Deixe um comentário

Arquivado em Aquisições

Boletim de novas aquisições 2016, v.4, n.2

Confira os exemplares novos que foram incorporados ao acervo da Biblioteca Smed no período de abril a junho de 2016.

Boletim v.4 n.2 2016

Deixe um comentário

Arquivado em Aquisições