Arquivo da tag: Eventos reuniões encontros

Escolas da rede municipal apresentam projetos na Feira do Livro

Matéria publicada no site da PMPA em 08/11/2017

Texto de: Cristina Lac

 

Três escolas da rede municipal de ensino integram a 6ª edição do seminário internacional “O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade”, que faz parte da programação da 63º Feira do Livro de Porto Alegre. As atividades do evento, que incluem palestras, relatos de experiências e apresentação de trabalhos, ocorrem nesta quinta e na sexta-feira, 9 e 10, no Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo – Rua dos Andradas, 1223, Centro Histórico. As inscrições são gratuitas e os participantes receberão certificados.

Na quinta-feira, a partir das 9h, a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Pessoa de Brum, no bairro Restinga, apresentará o projeto “As Aventuras do Super Tinga – Lendo e Escrevendo Histórias” no espaço Salão de Ideias. Desenvolvido pela professora Adriana Braga Guimarães junto a alunos dos anos iniciais, a iniciativa destaca o conteúdo produzido pelas crianças acerca do personagem que é um super-herói aliado da paz na comunidade.

Na sexta-feira, a partir das 10h, a Emef Ana Íris do Amaral, bairro Protásio Alves, levará ao espaço Sala de Compartilhamento de Ideias o projeto “Sempre às Sextas-Feiras: Lendo na Biblioteca Flor do Campo”, realizado pelas professoras Maria Luci de Mesquita Prestes e Flávia Moretto de Oliveira junto a cinco turmas do 7º, 8º e 9º Anos. Nesta proposta, os alunos dedicaram um dos períodos semanais da disciplina de Português somente para leitura e, ao final, cada um anota, em uma ficha de acompanhamento, até que página leu nesse dia, além de uma breve síntese do que foi lido e sua opinião sobre o conteúdo.

Ainda na sexta-feira, também a partir das 10h, no espaço Sala de Compartilhamento de Ideias, a Emef José Mariano Beck, do bairro Jardim Carvalho, mostrará o trabalho “Defenda-se: leituras e releituras de Chapeuzinho Vermelho para falar de abuso sexual”, executado na Biblioteca Recanto do Pensamento pelas professoras Luciana Ferreira Soares e Rochele Marcello da Silva Schott. Por meio do projeto, os alunos participaram de atividades de mediação de leitura para abordar o tema do abuso sexual de menores e dar ferramentas para as crianças e adolescentes se defenderem e identificarem o abuso.

A Prefeitura de Porto Alegre, por meio das secretarias de Educação e da Cultura, é uma das organizadoras do seminário, juntamente com Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Goethe Institut, Plano Municipal do Livro e da Leitura de Porto Alegre, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Conselho Regional de Biblioteconomia da 10ª Região (CRB-10), Associação Rio-Grandense de Bibliotecários (ARB) e Câmara Rio-Grandense do Livro. As equipes da biblioteca da Smed e da biblioteca pública municipal Josué Guimarães darão apoio na realização do seminário.

A programação completa do evento e o link para as inscrições podem ser acessados aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Escolas municipais e professores municipários, Gosto pela leitura

Inscrições para o VI Seminário O Papel da Biblioteca e da Leitura

Prezados colegas das bibliotecas escolares!

Divulgamos a programação e o link para inscrições do evento que apoiamos, o VI Seminário Internacional O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da SociedadeBibliotecas Escolares, Comunitárias e Públicas, que acontece nos dias 9 e 10/11/2017, durante a Feira do Livro de Porto Alegre. As atividades acontecerão noCentro Cultural CEEE Erico Verissimo, localizado na Rua dos Andradas, 1223.

O link para inscrições:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSestNNvZLiJwyzW7JBxqOSCH4l0NRKtfER-IdUJ353wQkOepA/viewform

As inscrições são gatruitas e os participantes receberão certificado.
O site do Seminário com a programação: http://arb.org.br/seminariobibliotecas/
Contamos com a sua presença, abraços! 

2 Comentários

Arquivado em Diversos

Inscrições de trabalhos – VI Seminário Internacional O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade

Post publicado no site da Associação Rio-grandense de Bibliotecários (ARB) em 03/10/2017

 

Divulgamos o Regulamento e o formulário para inscrições de trabalhos  no Salão de Ideias (exposição de pôsteres) e nas Salas de Compartilhamento (comunicação oral) do VI Seminário Internacional O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade – Bibliotecas Escolares, Comunitárias e Públicas.

O Seminário Internacional acontecerá durante a 63ª Feira do Livro de Porto Alegre, em novembro de 2017.

 

Cronograma:

Inscrições de trabalhos: 29/09/2017 a 13/10/2017
Divulgação do resultado: 20/10/2017
Divulgação da programação do evento: 20/10/2017
Inscrição de ouvintes: 20/10/2017
Seminário Internacional O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade – Bibliotecas Escolares, Comunitárias e Públicas: 09 e 10/11/2017

 

Link para inscrição dos trabalhos: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdizmWf7CY6IZG3DAQQzmVi0O0Yx2qw6j8B4AdrYA15MR2hEQ/viewform

 

A Biblioteca da Smed é apoiadora do evento.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Smed promove formação sobre o Programa Nacional do Livro Didático

Matéria publicada em 12/09/2017 no site da PMPA

 

Texto de:  Cristina Lac

 

O Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) foi tema de formação para supervisores, bibliotecários e diretores das escolas da rede municipal de ensino nesta terça-feira, 12, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Smed). O encontro é resultado da visita técnica feita em agosto por representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) junto a escolas estaduais e municipais e que indicou a necessidade de orientações para aprimorar o desempenho do programa.

 

A palestrante, a bibliotecária Maria do Carmo Mizetti, coordenadora do PNLD na Secretaria Estadual da Educação e no Rio Grande do Sul, tratou de questões referentes às atribuições das escolas, da Smed e do próprio FNDE quanto às responsabilidades na operação do programa. Foram abordados tópicos quanto aos pedidos de lotes junto ao FNDE, solicitações de reserva técnica, logística de distribuição, necessidade de conferência das entregas, procedimentos de trocas e de descarte adequado das publicações.

 

Foto: Manuela Almeida/Divulgação/PMPA. Palestrante Maria do Carmo Mizetti, da SEC/RS.

 

Também foram dadas recomendações sobre os processos de escolha dos livros, guias a serem preenchidas, boas práticas de conservação e dos casos em que devem ser doados aos alunos ou que precisam ser devolvidos à escola. Um dos principais pontos tratados foi a relação entre escolas e editoras, já que as formas de divulgação dos livros já foram regulamentadas pelo programa, restringindo o contato direto com os gestores das unidades escolares durante o período de escolha dos livros – ou seja, as publicações devem ser sempre solicitadas diretamente ao FNDE para as devidas garantias de preço e prazos de entrega.

2 Comentários

Arquivado em Escolas municipais e professores municipários

Smed promove encontro com coordenadores do Adote um Escritor

Matéria publicada em 28/08/2017 no site da PMPA⁠⁠

 

Texto de: Cristina Lac

 

⁠Detalhes do funcionamento do programa de leitura Adote um Escritor foram debatidos, nesta segunda-feira, 28, na sede da Secretaria Municipal de Educação (Smed), em encontro que reuniu os coordenadores do programa nas escolas da rede municipal que oferecem Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Ensino Especial, Educação Básica e Ensino Médio. Na semana passada, foi firmado termo de cooperação técnica entre a Smed e a Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL), garantindo a parceria para o programa que integra a política educacional da Smed como estratégia de incentivo à leitura nas 99 escolas da rede. Nesta terça-feira, 29, o mesmo encontro será realizado com as instituições de Educação Infantil.

 

Foto: Enrico Salvador /Divulgação PMPA. Secretário Adriano Naves de Brito explicou o funcionamento do programa

Os recursos para a operacionalização do programa já foram repassados às escolas para o recebimento dos autores, aquisição de livros e visita dos alunos à Feira do Livro, promovida anualmente pela Câmara do Livro, na Praça da Alfândega. Nesta edição, que ocorrerá de 1º a 19 de novembro, haverá atividades específicas relacionadas ao programa nos espaços do evento. O Adote um Escritor promove o contato entre estudantes e autores das obras trabalhadas em sala de aula. Neste ano, o processo começou em abril, quando cada escola escolheu os autores. Após a leitura e a realização de atividades pedagógicas relacionadas aos livros, os encontros com escritores e ilustradores ocorrem de setembro a dezembro.

Deixe um comentário

Arquivado em Adote um escritor, Escolas municipais e professores municipários

Smed realiza encontro de avaliação do programa Adote um Escritor

Matéria publicada em 01/12/2016 no site da PMPA

 

Texto de: Luiz Eduardo Campesato (estagiário) / Supervisão: Andrea Pinto

 

Em parceria com o Conselho Municipal do Livro e Leitura (CMLL), a Secretaria Municipal de Educação (Smed), por meio da equipe da biblioteca, organizou um encontro de avaliação do programa de leitura Adote um Escritor na tarde desta quinta-feira, 1º. A reunião ocorreu no auditório da Livraria Paulinas (Rua dos Andradas, 1212) e foi destinada aos coordenadores do projeto nas escolas da rede.

Presidente do CMLL, Renata Borges destacou a importância das ações de leitura proporcionadas pela entidade, que foi criada em 2012 com objetivo de assegurar à população o acesso à leitura por meio de ações conjuntas e continuadas. Foi doado um exemplar do livro O Negrinho do Guaíba para cada instituição presente no encontro. A obra, escrita por Ismael Canapelle e financiada pelo CMLL por edital aberto ano passado, trata da desigualdade social e racial com uma adaptação para os dias de hoje da lenda afro-cristã O Negrinho do Pastoreio. Presente no evento, o autor falou da carreira, da escrita do livro e suas motivações e destacou a importância de financiamentos para obras literárias, respondendo perguntas e conversando com os educadores presentes.
A exibição do vídeo elaborado para a comemoração dos 15 anos do Adote um Escritor, que celebrou a data no dia 3 de novembro, iniciou os momentos de avaliação das atividades do programa neste ano. Além dos relatos das experiências das ações realizadas, foram adiantados encaminhamentos para práticas a serem realizadas no ano seguinte. “Foi um ano bem produtivo quanto as respostas aos nossos projetos. Tudo feito com muita força e determinação”, resumiu a coordenadora da Biblioteca da Smed, Adriana Gomes.

Deixe um comentário

Arquivado em Adote um escritor, Escolas municipais e professores municipários

Formação e reunião do Adote

Formação e reunião para professores da RME de Porto Alegre

1º de dezembro 2016

Auditório da Livraria Paulinas (Rua dos Andradas, 1212)

13h45min – credenciamento

  • fala do autor Ismael Caneppele
  • avaliação do Adote um Escritor 2016

 

Contamos com a tua presença, muito obrigada!

Deixe um comentário

Arquivado em Adote um escritor

Feira do Livro: Seminário discute o papel da biblioteca

Matéria publicada em 10/11/2016 no site da PMPA

 

Texto de: Josiele Rangel de Campos (estagiária) / Supervisão: Maristela Bairros

 

V Seminário Internacional: o Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade, parte da programação da 62ª Feira do Livro, ocorre nesta quinta-feira, 10, a partir das 8h30, e sexta-feira, 11, a partir das 9h30, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (Praça Mal. Deodoro, 101). O analfabetismo funcional, suas implicações e maneiras de combatê-lo é o tema principal nos debates deste seminário.

 

De acordo com a bibliotecária da Secretaria de Educação de Porto Alegre, Giane Zacher, os debates têm como foco a análise dos dados apresentados na pesquisaRetratos da Leitura 2016 e de que forma as bibliotecas escolares, comunitárias e públicas poderão contribuir com a sociedade na busca de soluções para este problema”.  O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Conselho Municipal do Livro e Leitura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Associação Rio-Grandense de Biblioteconomia, Instituto Goethe de Porto Alegre e Câmara Rio-Grandense do Livro.
Programação:
Quinta-feira, 10
08h30 – 18h
Salão de Ideias
Local: Saguão da Assembleia Legislativa
09h30 – 10h30
Leitura: história e sociedade. A leitura e suas relações históricas e sociais. A literatura e o leitor
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
11h00 – 12h30
Analfabetismo funcional e gestão inovadora em bibliotecas. Alfabetismo funcional no Brasil: os resultados do Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf)
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
14h – 15h30
Reconhecendo as dificuldades na leitura.
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
15h30 – 16h30
O escritor, a biblioteca e a leitura.
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
18h – 20h
Incentivo à leitura em formatos digitais
Local: Sala Leste do Santander Cultural
Sexta-feira, 11
09h30 – 10h30
Apresentação do clube dos Piratas dos Livros, da cidade de Lübeck na Alemanha, com ênfase nos projetosPágina Azul (Blaue Seite), Bilingual-Picturebooks e Escrita Digital através da plataforma wattpad.
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
11h – 12h30
O desafio de formar leitores. Bibliotecas e projetos de leitura para públicos-nichos
Local: Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa
15h – 17h30
Salas de compartilhamento
Local: Assembleia Legislativa
18h – 19h
Manifesto pelo livro e pela leitura: Carta de Porto Alegre.
Local: Praça da Matriz
= = = = =
= = = =

Seminário internacional debate papel da biblioteca e da leitura

Matéria publicada em 10/11/2017 no site da PMPA

 

Texto de: Mailsom Portalete (estagiário)/ Supervisão: Andrea Pinto

 

Nesta quinta-feira, 10, houve a primeira etapa do 5º Seminário Internacional O Papel da Biblioteca e da Leitura no Desenvolvimento da Sociedade – Bibliotecas Comunitárias, Escolares e Públicas. O evento aconteceu no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. O seminário, que sempre ocorre simultâneo à Feira do Livro de Porto Alegre, tem como tema central, nesta edição, o analfabetismo funcional, suas implicações e maneiras de combatê-lo. A realização é da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Conselho Municipal do Livro e da Leitura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Associação Rio-Grandense de Biblioteconomia, Instituto Goethe de Porto Alegre e Câmara Rio-Grandense do Livro. A iniciativa conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Smed), por meio de sua biblioteca.

 

Na primeira palestra do seminário, denominada Leitura: História e Sociedade, a escritora e professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Regina Zilberman, abordou a leitura, suas relações históricas e sociais. Para ela, a sociedade deve seguir a lição da literatura e beneficiar-se de seus efeitos emancipadores. “Estamos constantemente atribuindo sentido às coisas. Essa atribuição de sentido e a sua tradução para uma linguagem verbal é a leitura. Todas as outras coisas são consequência disso”, defendeu.

Regina defende que é preciso aumentar o número de oportunidades e de acesso à leitura, pois assim as pessoas terão mais chances de posicionarem-se perante o mundo. “A oportunização da leitura não é para quem já está na universidade ou na escola. É justamente para segmentos excluídos do mundo econômico, crianças de rua, por exemplo. Essa infância, totalmente desprivilegiada, precisa se reconhecer como leitor, como sujeito”, completou. A palestra da educadora baseou-se nas obrasVidas Secas, de Graciliano Ramos, e Tarzan: O filho das selvas, de Edgar Rice Burroughs.

 

Roberto Castelli Jr, coordenador da Unidade de Educação Escolar de Jovens e Adultos da Ação Educativa, em São Paulo, palestrou sobre o Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf) – uma pesquisa realizada nos domicílios que possibilita estimar os níveis de alfabetismo da população e compreender seu determinante. Conforme Roberto, é uma amostragem distinta da pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na qual a pessoa se autoclassifica como alfabetizado ou não. “No Inaf ocorre um teste cognitivo. O profissional entrevista a pessoa e atesta seu nível de alfabetismo. Isso permite resultados mais próximos do real”, afirma.

 

Castelli comentou sobre o conceito de alfabetismo, questionando a utilização de termos como analfabeto absoluto. “É mais interessante pensar em níveis de alfabetismo, em vez de definir se a pessoa é ou não alfabetizada. Num contexto de século 21, pensando que as práticas sociais hoje são muito letradas – pegar um ônibus, ir ao banco, praticar relações comerciais, etc –, quem podemos considerar como um analfabeto absoluto?”, questionou. De acordo com ele, existem pessoas que se dizem não-alfabetizadas, mas que não necessariamente o são no sentido absoluto. “Devemos buscar outros critérios de análise”, completou.

 

Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf) – Com 15 anos de existência, o Inaf é aplicado em todas as regiões do Brasil, a cada dois anos, desde 2001. A metodologia da pesquisa consiste na realização de uma entrevista, de cerca de uma hora e meia, e um teste cognitivo. Os resultados atestam os domínios do alfabetismo, dividido em letramento (habilidade de ler e escrever, com coerência e compreensão) e numeramento (conseguir construir e aplicar conceitos numéricos simples). O indicador trata-se de uma amostra representativa da população brasileira entre 15 e 64 anos, das regiões urbana e rural de todo o país.

 

Durante os dois dias da programação, serão apresentados trabalhos e pôsteres de seis escolas municipais no Salão de Ideias e nas Salas de Compartilhamento. São elas a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Lauro Rodrigues, Emef Professora Ana íris do Amaral, Emef Senador Alberto Pasqualini, Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Miguel Velásquez, Emei Erico Veríssimo e Emei Ilha da Pintada.

 

Nesta sexta-feira, 11, o seminário terá prosseguimento no auditório Barbosa Less, localizado no Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo, situado na Rua dos Andradas, 1223.

 

Foto: Aline Bisso/Divulgação PMPA. Trabalhos e pôsteres de escolas municipais estão expostos na assembleia

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Dias 10 e 11 de novembro: V Seminário Internacional de Bibliotecas

Atividades programadas para esta 5ª edição do Seminário Internacional: o papel da biblioteca e da leitura no desenvolvimento da sociedade

Tema central: Analfabetismo funcional e gestão inovadora em bibliotecas

Link para inscrições: https://www.doity.com.br/vseminariointernacional

10 de novembro

quinta-feira

9h30min

Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa – R. Duque de Caxias, 1028

Leitura: história e sociedade. A leitura e suas relações históricas e sociais. A literatura e o leitor

Com Regina Zilberman

11 horas

Teatro Dante Barone

Alfabetismo funcional no Brasil: os resultados do Indicador de Alfabetismo Funcional (INAF). Análise dos resultados do INAF, levando em conta 15 anos de pesquisas sobre o nível de alfabetismo funcional no país

Com Roberto Catelli Jr.

14 horas

Teatro Dante Barone

Reconhecendo as dificuldades na leitura

Com Adriana Costa

15h30min

Teatro Dante Barone

O escritor, a biblioteca e a leitura com Cíntia Moscovich – Patrona da 62ª Feira do Livro de Porto Alegre

16h30min

Teatro Dante Barone

Políticas públicas nos Legislativos

Fernanda Melchiona representando a Frente parlamentar de incentivo a leitura de Porto Alegre

José Stédile representando a Frente Parlamentar mista em Defesa do Livro, da Leitura e da Biblioteca

@

11 de novembro 

Sexta-feira

9h30min

Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa – Palácio Farroupilha,  R. Duque de Caxias, 1028

Apresentação do clube dos Piratas dos Livros, da cidade de Lübeck na Alemanha, com ênfase nos projetos “Página Azul” (Blaue Seite), Bilingual-Picturebooks e Escrita Digital através da plataforma wattpad.

Com Freya Schwachenwald, apresentada por Mônica Schreiner

11 horas

Teatro Dante Barone

O desafio de formar leitores. Bibliotecas e projetos de leitura para públicos-nichos

Com Marília Fichtner, Miriam Oliveira e Cristian Santos

15 horas

Espaço da Convergência – Térreo da Assembleia Legislativa – Palácio Farroupilha, R. Duque de Caxias, 1028

Salas de compartilhamento: 

  • Práticas de mediação de leitura em bibliotecas

Sala Salzano Vieira da Cunha (3º andar AL)

  • Pesquisa em leitura e bibliotecas
    Plenarinho
  • Práticas de mediação de leitura em espaços não formais

Sala José Lutzemberger (4º andar AL)

  • Contação de histórias

(96 lugares)

18 horas

Praça Marechal Deodoro (Praça da Matriz)

Manifesto pelo livro e pela leitura: Carta de Porto Alegre. Concentração e cortejo (da Praça da Matriz à Praça da Alfândega), com distribuição de livros

 

Deixe um comentário

Arquivado em Diversos

Programa de leitura Adote um Escritor completa 15 anos

Texto de: Andrea Pinto
Nesta quinta-feira, 3, ocorreu a cerimônia de celebração dos 15 anos do Programa de Leitura Adote um Escritor, no Auditório Romildo Bolzan, no Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul. Fruto de parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Smed) e a Câmara Rio-Grandense do Livro, o programa integra as políticas públicas de incentivo à leitura, desenvolvidas pela Prefeitura de Porto Alegre, colaborando, ainda, para a qualificação do acervo das bibliotecas escolares.
Segundo a secretária municipal de Educação, Cleci Maria Jurach, o programa ter sido mantido por tanto tempo é um fato a ser comemorado. “São várias administrações que passaram pela Prefeitura e sempre se preservou o Adote um Escritor. É um programa especial, pois promove a integração dos nossos alunos com os autores, construindo uma relação muito próxima e muito bonita”, ressaltou. A secretária salientou a importância da iniciativa ao despertar nas crianças e nos adolescentes a vontade de ler e escrever. “Eles passam para o papel os seus desejos e seus sonhos. Os professores também se envolvem profundamente”, completou.

Foto: Andrea Pinto/Divulgação PMPA. Cleci Jurach destacou preservação do programa em várias administrações

A coordenadora da Área Infantil e Juvenil da Feira do Livro de Porto Alegre e representante da Câmara Rio-Grandense do Livro no evento, Sônia Zanchetta, destacou o interesse dos escritores em serem adotados. “Somos constantemente procurados por autores que, baseados nas experiências de outros autores, fazem questão de participar do programa, nos dando imenso orgulho”, festejou.
A professora Ângela da Rocha Rola, idealizadora do Adote um Escritor, esteve presente no evento e contou de onde veio sua inspiração. “Sempre tive interesse nesta questão de leitura macro. Sentia que era necessário desenvolver algo que unisse as ações de incentivo. É gratificante ver que o propósito foi alcançado”, comemorou.
A coordenadora da Biblioteca da Smed e dos Programas de Leitura, Adriana Gomes, explicou que o Adote é construído sobre quatro pilares: aquisição e leitura das obras do autor adotado, atualização e qualificação do acervo da biblioteca escolar, visitação e atividades na Feira do Livro de Porto Alegre e encontro com o autor na escola. “Os autores fazem questão de participar e afirmam que esta é uma das ações de maior alcance quanto aos programas de incentivo à leitura”, disse.

Foto: Andrea Pinto/Divulgação PMPA. Proposta visa à integração dos alunos do município com os autores

Durante os 15 anos da sua existência, o Adote um Escritor foi agraciado com os prêmios Amigo do Livro (2010), da Câmara Rio-Grandense do Livro, Joaquim José Felizardo, da Secretaria Municipal de Cultura (2011), Artistas Gaúchos, categoria projetos (2011), e pelo Troféu Destaque Literário, no Prêmio Açorianos de Literatura (2013), entre outros. “Hoje é um dia de celebração desse programa que é premiado e reconhecido no Rio Grande do Sul e em todo o país”, finalizou Adriana.
Estiveram presentes representantes das escolas municipais, da Câmara Rio-Grandense do Livro, a patrona da 62° Feira do Livro, Cíntia Moscovich,  e outros autores participantes do programa. No evento, além da apresentação de um vídeo ilustrando a trajetória do Adote, um Diploma de Honra ao Mérito foi entregue aos autores adotados presentes na solenidade e às 98 escolas da rede.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Adote um escritor, Escolas municipais e professores municipários